Nenhum produto no carrinho.

    • Chicken Breast with Honey Nº88 Fire by Beesweet
    • Carrot Soup with Honey Nº 1 Citrus by Beesweet
Home / Missão social e ambiental / Como proteger as Abelhas?

Como proteger as Abelhas?

O que precisa de saber sobre as abelhas e como as pode proteger.

As abelhas são criaturas extraordinárias que existem em todo o mundo e temos de aprender como elas trabalham e como as proteger.

Desde as florestas aos desertos e até mesmo no Ártico, podemos encontrar variados tipos de Abelhas.

Ao contrário das abelhas melíferas, as abelhas solitárias podem viver em muitos lugares diferentes: em pequenos buracos, no solo, muros de casas antigas ou mesmo em rochas, ou árvores. Nos últimos 15 anos, os apicultores, relataram perdas anuais de abelhas na ordem dos 50%.

De fato, uma em cada quatro espécies de abelhas está em risco de extinção. Populações mundiais de abelhas estão em declínio. Um exemplo disso é a inexistência da abelha polinizadora Bombus, que já desapareceu na grande China.

Bombus terrestris ou abelhão, pousada numa flor

Bombus terrestris – também conhecida como “abelhão” em Portugal
 

Afinal, porque é tão importante proteger as abelhas? 

As plantas precisam de ser polinizadas para proliferarem. Assim, as abelhas são indispensáveis ​​na maioria dos ecossistemas. Existem 369.000 espécies de plantas com flores e 90% delas dependem da polinização por insetos. Uma abelha pode visitar 5000 flores num dia. As abelhas são a espécie-chave, das quais todas as outras espécies, dependem para sobreviver.

Por esse motivo, os animais dependem das abelhas para a sua sobrevivência. As suas fontes de alimento, incluindo nozes, legumes, bagas, sementes e frutas, dependem da polinização. A polinização torna o alimento disponível para outros organismos e também permite o crescimento floral, que resulta nos habitats para os animais. À medida que os polinizadores desaparecem, o efeito sobre a saúde, fauna, flora e consequente viabilidade de culturas e ecossistemas é completamente posto em causa.

Abelha perto de um girassol

É simplesmente impossível sobreviver sem Abelhas!

Estes polinizadores contribuem com biliões para a economia mundial. A produção global de culturas polinizadas por abelhas está avaliada em 577 biliões de dólares.

Ameaças às espécies de Abelhas

São vários os motivos que contribuem para o desaparecimento das Abelhas. Entre outros enumeramos aqui alguns:

Uso generalizado de pesticidas e neonicotinóides;

Perda de habitat = desflorestação;

Fogos;

Intempéries;

Mudanças no uso da terra e consequente fragmentação do habitat;

Perda de biodiversidade = alimento escasso para as Abelhas;

Monocultura;

Pragas, doenças, predadores, vírus e parasitas (…)

Como podemos proteger as Abelhas? 

 – Podemos incentivar o governo a aprovar a Lei da Recuperação do Polinizador e proteger e promover a Lei das Espécies em Perigo;

 – Apoiar a proibição do uso de pesticidas, especialmente pesticidas neonicotinóides;

–  Plantar um jardim amigo das abelhas;

 – Colocar nos jardins ou varandas, recipientes com água e seixos dentro para que as Abelhas possam beber água sem se afogar;

 – Escolha alimentos orgânicos e ecológicos;

 – Não polua;Proteger as abelhas é também proteger a fauna e a flora – Participe em pequenas ações de proteção ambiental. Diariamente grupos de pessoas reúnem-se no sentido de realizar limpezas de praia, matas, florestas. Pequenas ações como plantar uma árvore ou semear plantas amigas das Abelhas, são uma ajuda gigante para as abelhas e meio ambiente!

Artigo escrito por Ana Pais – Beesweet